A Quinta das Cruzes possui um amplo parque ajardinado, de inspiração Romântica, envolvido por árvores centenárias de grande porte, que ladeiam os caminhos empedrados em calhau rolado. A área total da Quinta, com cerca de 1 hectare, contempla área ajardinada e edificada, grutas, fontanários construídos em pedra de fajôco, um miradouro com vista sobre a baía do Funchal e outros pequenos espaços.
É também neste espaço que se localiza a pintura mural (fresco) que se encontra sobre o frontispício de um dos fontanários, descoberta casualmente em 1998, e que data de finais do século XVIII.
O Jardim que constitui parte integrante e fundamental desta unidade museológica, apresenta ainda a criação de espécies botânicas endémicas e indígenas da Ilha da Madeira e um «Orquidário».
Este jardim integra a rede de Jardins Botânicos da Região, sob a tutela partilhada da direcção do Museu e do Jardim Botânico da Madeira, sendo a gestão das espécies botânicas/naturais, que se encontram no parque da competência da respectiva entidade, sob a tutela da Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais/Direcção Regional das Florestas.

Vista panorâmica dos jardins 360º